Dr. Gabriel Borowski

Zdjęcie: Gabriel BorowskiFormou-se em Estudos Portugueses (com especialidade em Tradução) e em Tradução Literária na Universidade Jaguelónica, onde em 2015 defendeu a tese de doutoramento. Nos anos 2012-2016 coordenou o projeto A ficção autonarrativa no Brasil e a (sua) identidade no âmbito do programa do Ministério da Ciência e do Ensino Superior da Polónia. Atualmente está a realizar o projeto Transcriações: antologia de textos teóricos de Haroldo de Campos, financiado pelo Programa Nacional de Desenvolvimento das Humanidades na Polónia. Faz parte do conselho diretivo da Associação dos Lusitanistas Polacos, é membro da IATIS e membro colaborador do CLEPUL e do Centro de Estudos de Tradução da UJ. Premiado pelo Reitor da UJ por empenho no trabalho de organização (2017) e no trabalho didático (2018, 2019). Leciona as disciplinas de literatura brasileira, literatura portuguesa, tradução e interpretação de conferências. Lecionou também no Instituto de Estudos Ibéricos e Ibero-Americanos da Universidade de Varsóvia, no Instituto de Estudos Românicos e Tradução da Universidade da Silésia e nos programas de Literatura Comparada, Estudos Culturais e Estudos Comparativos da Herança na Faculdade de Língua Polaca da UJ.

E-mail: gabriel.borowski@uj.edu.pl

Áreas de investigação

  • literatura brasileira dos sécs. XIX, XX e XXI
  • tradução literária
  • antropologia e literatura

Projetos de investigação

Nome do projeto: Ficção autonarrativa no Brasil e a (sua) identidade

Data de realização: 2012-2016

Financiamento: Ministério da Ciência e do Ensino Superior da Polónia ("Bolsa Diamantina")

Descrição: projeto individual com o objetivo de analisar ficções autonarrativas de feição memorialística na literautra brasileira desde a independência política até os autores contemporâneos, com ênfase espacial na obra de Machado de Assis, Graciliano Ramos e João Guimarães Rosa.

 

Nome do projeto: Tradução criativa e o legado de Haroldo de Campos

Data de realização: em curso

Descrição: análise do legado de Haroldo de Campos no contexto mundial de Estudos de Tradução; publicação de primeiros estudos sobre a transcriação na Polónia ("Transkreacja: myśl przekładowa Haroldo de Camposa" - 2012) e primeiras traduções de textos de Haroldo de Campos para o polaco ("Tradycja, transkreacja, transkulturacja" - 2016).

 

 

Nome do projeto: Recepção da literatura brasileira e portuguesa na Polónia

Data de realização: em curso

Descrição: primeiro estudo panorâmico da presença das literaturas lusófonas na Polónia.

Publicações